Blog da Saúde

Catapora – Origem, sintomas e cuidados

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 14 de outubro de 2011

A catapora começa a se manifestar com uma febre e chega acompanhada de vesículas, pintas vermelhas com líquido, que se espalham pelo corpo, mais acentuadamente no tronco, abdômen, couro cabeludo e rosto.

O contágio acontece por gotículas que saem da boca quando se fala muito próximo da outra pessoa ou pelo contato com as lesões que aparecem na pele, segundo Marco Aurélio Safadi, médico coordenador da infectologia pediátrica do Hospital e Maternidade São Luiz.

O maior problema, ainda segundo o especialista, é que a transmissão da doença acontece por um longo período, visto que começa dois dias antes de estourar as lesões pelo corpo e vai até que elas sequem totalmente. No total, o perigo do contágio pode atingir cerca de 10 dias. “Antes de saber que está infectado, o enfermo já está transmitindo involuntariamente, sem saber”, afirma.

Normalmente, a catapora é benigna, mas se a pessoa infectada estiver com baixa imunidade por conta de outras enfermidades, como câncer e diabetes, a doença pode alcançar complicações mais sérias e levar até mesmo ao óbito. “É raro isto acontecer, mas não impossível”, tranquiliza o Dr. Marco Aurélio. O tratamento é basicamente amenizar os sintomas, como a febre e evitar complicações da doença, como manter a pele limpa e as unhas aparadas para evitar as infecções secundárias de pele por conta da coceira.

A vacina preventiva pode ser aplicada após um ano de idade, mas não é distribuída gratuitamente pelos órgãos públicos, exceto quando ocorrem um ou dois casos de catapora numa mesma escola ou creche, aí promove-se a vacinação de bloqueio e controle de surtos para evitar a proliferação da doença.

A catapora só acontece uma vez na vida, mas há uma patologia semelhante que aparece na fase adulta que pode ser confundida com a doença. “O vírus da catapora é de uma “família” de vírus que fica latente no organismo. Quando há baixa da imunidade, um dos vírus da “família” se reativa e manifesta-se como herpes zoster, mais conhecido como cobreiro, que ataca, geralmente, nas mesmas partes que a catapora. Por isto a confusão”, esclarece o infectologista pediátrico do Hospital São Luiz.

 

Be Sociable, Share!

Deixe seu comentário

(*)campos obrigatórios.

Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados