Blog da Saúde

Faça do sal um aliado

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 2 de Janeiro de 2013

Sal

Segundo o médico Dr. Celso Cukier, o maior perigo do consumo de sal estão em temperos prontos e alimentos industrializados.

“Quando compramos um alimento devemos sempre olhar a tabela nutricional contida nele. Muitas pessoas esquecem que sódio é sal, e passam o olho despercebidas nesse item na tabela”, alerta ele, que ressalta que o sódio deveria ser o primeiro a ser olhado ao comprarmos um alimento e esse, deveria estar destacado de modo a chamar a atenção de quem o compra.

Não é novidade que o sal causa muitos problemas para a nossa saúde. Pedras nos rins, insuficiência renal, hipertensão entre outras são algumas doenças relacionadas ao seu excesso no organismo.

Mas seria novidade saber que ele não é esse inimigo que todos falam e pode se tornar aliado da nossa saúde? Segundo o Dr. Celso Cukier, não podemos excluir o sal da nossa refeição. É só consumirmos a quantidade certa por dia que ele não fará mal. “O ideal é ingerir 2,3 mg por dia, o equivalente a 5 g. Nosso corpo precisa de sódio, mas claro que na medida certa”, afirma ele.

O médico orienta trocar o sal comum por sal light. Comidas japonesas, brasileiras e portuguesas são as que mais usam o sal. Ao fazer um bacalhau, por exemplo, dessalgue bem. Quando for comer culinária japonesa, prefira o shoyo light. Algumas mudanças no dia a dia podem fazer toda diferença para a saúde.

“Para 200 mg de sal é necessário ingerir 1 litro de água para, só depois de três dias, o corpo começar a eliminar essa quantidade”, explica o especialista. Ele também comenta que vegetais ricos em potássio e magnésio ajudam o nosso organismo a se proteger contra o excesso de sal.

“Devemos sempre nos regrar e ingerir a quantidade que o nosso corpo precisa. Tudo em excesso faz mal. Cuidar da saúde é cuidar do bem estar e da nossa qualidade de vida”, finaliza o médico.

 Fonte:

Be Sociable, Share!

Deixe seu comentário
You must be logged in to post a comment.
Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados