Blog da Saúde

Festas juninas: aprecie com moderação

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 15 de junho de 2015

iStock_000024993247_Large_FestaJunina_milho

Junho é um mês de festa e de mesa farta! A variedade de comidas típicas aumenta muito. A nutricionista do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, Maria Elisa Yaemi, alerta para a importância de estar atento às tentações gastronômicas, mas também destaca que a época do ano pode ser aproveitada para incluir na mesa alguns alimentos que não são consumidos no dia a dia.

“Exagerar na alimentação é um cuidado que sempre deve ser tomado. Mas podemos aproveitar as festas para incluir na mesa alimentos que os brasileiros não estão acostumados a comer e que são muito saudáveis, como é o caso do milho. Há um estudo que mostra que apenas 5% da população possui o hábito de comer milho. É um alimento rico em qualidades nutricionais, carboidrato, fibra, cálcio, vitaminas A e B e pode ser consumidos à vontade. Mas cuidado com o excesso de sal e manteiga!”

Maria Elisa dá outra dica de alimento típico que pode ser consumido em boas quantidades, o cuscuz. É um prato saudável, que não é frito e é composto por ingredientes incríveis, como a ervilha, o milho e o peixe.

O cuidado deve ser redobrado no consumo dos pratos típicos que em sua receita utilizam muito leite e manteiga, derivados muito gordurosos. Por isso, atenção com canjica, curau e a pamonha!

A nutricionista tranquiliza os amantes das festas juninas. “É uma festa anual que as pessoas podem aproveitar. Apenas tomem cuidado com os excessos”.

Vejam algumas dicas da nutricionista Maria Elisa Yaemi:

1. Cuidado com a quantidade. Os alimentos de festa junina geralmente são muito calóricos. Por isso, não vá à festa com muita fome. Faça um lanchinho antes de sair de casa;

2. Cuidado com o quentão ou o vinho quente. A ingestão de bebida alcoólicas açucaradas com alimentos típicos é uma junção hipercalórica!

3. Se na festa houver algum exagero, não deixe de retomar o controle alimentar nas refeições seguintes;

4. Além disso, fique atento às condições de higiene, limpeza do local, armazenamento dos alimentos e data de fabricação, pois as comidas juninas utilizam ingredientes, em geral, perecíveis. A pamonha e a canjica devem ser consumidas no mesmo dia do preparo.

#HospitalSaoLuiz #SaoLuizItaim #festajunina

Be Sociable, Share!

Deixe seu comentário

(*)campos obrigatórios.

Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados