Blog da Saúde

No Dia das Mães, diretora da Maternidade São Luiz fala sobre a importância de planejar o parto

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 11 de Maio de 2018

Especialista lista dúvidas que as mamães devem tirar durante as visitas monitoradas às maternidades

“Ser mãe foi um dos principais e mais difíceis papéis que desempenhei, porém um dos mais gratificantes da minha vida”. É assim que Márcia Maria da Costa, diretora da Maternidade São Luiz Itaim, responde à pergunta: “ser mãe é?”, em homenagem ao Dia das Mães, comemorado no próximo domingo, 13 de maio.

Preparar-se para esse momento pode ser um grande desafio para as futuras mães e, dentre diversas dúvidas e decisões que devem ser tomadas, a Dra. Márcia destacou alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração:

– Quando começar esse planejamento?
Com o resultado do exame de sangue que comprova a gravidez em mãos, é hora de começar o planejamento. Leia, pesquise e reúna todas as dúvidas para a sua primeira consulta com seu médico.

– Escolha do médico
A primeira e uma das mais importantes decisões é a escolha do profissional que a acompanhará durante toda a gestação. É fundamental saber se atende às suas necessidades, como o plano de parto, disponibilidade, se os atendimentos serão contemplados pelo plano de saúde, entre outras questões. Caso a futura mamãe ainda não tenha o médico, buscar boas referências sobre o especialista com amigos ou pessoas próximas é essencial. “É importante eliminar todas as dúvidas, expor suas preferências e expectativas”, observa.

– Plano de parto
O plano de parto é um documento produzido para registrar todas as vontades da mãe para o nascimento de seu bebê. Nele, a gestante escreve como prefere passar pelas diversas fases do trabalho de parto, quais procedimentos médicos ela aceita ou não participar, entre outras questões.

– Escolha da maternidade
A escolha da maternidade deve levar em conta uma série de fatores, como estrutura física com ambientação necessária para o parto vaginal, equipamentos de alta tecnologia, além de equipe multidisciplinar altamente especializada que tenha cultura e engajamento no atendimento humanizado.

– Tecnologia
Da internação ao pós-parto, é importante que a maternidade disponha do que há de mais moderno em cuidados para a saúde da mãe e do bebê. No caso da Maternidade Itaim, há o Centro Especializado em Medicina Fetal (Cemefe), que é um serviço de atendimento às gestantes durante o pré-natal onde as futuras mamães têm à sua disposição uma série de exames de rastreamento e diagnóstico com uma equipe altamente especializada e tecnologia de ponta, que proporcionam o máximo de segurança e apoio para a gestante e especialista.

– Infraestrutura
É importante que a maternidade escolhida tenha unidades de terapia intensiva para mamãe e bebê. A unidade Itaim conta com a Unidade Semi-intensiva para a gestante, onde todo o atendimento de pós-parto é realizado por obstetras e outros especialistas preparados para atender a qualquer tipo de intercorrência. Além de possuir unidade Neonatal com especialistas que aliam à alta tecnologia disponível a um trabalho de qualidade e dedicado ao acompanhamento do desenvolvimento quase que em tempo real dos bebês.

– Cultura da maternidade
Além dos recursos necessários para o parto natural, é importante que a maternidade possua uma cultura de parto mais voltada para essas questões. A gestante precisa saber se a maternidade que ela vai escolher possui recursos para que ela realize qualquer tipo de parto, sempre de uma maneira humanizada e respeitosa. A maternidade deve estar preparada para atendê-los com qualidade, excelência, garantindo principalmente a segurança da paciente e do bebê.
A Maternidade São Luiz Itaim foi uma das primeiras a fazer parte do projeto Parto Adequado, que foi criado para identificar modelos inovadores e viáveis que valorizem o parto normal e reduzam o percentual de cesarianas desnecessárias. A iniciativa visa ainda oferecer às mulheres e aos bebês o cuidado correto ao longo da gestação, durante todo o trabalho de parto e pós-parto, considerando a estrutura e o preparo da equipe multiprofissional.

– Ambientação para parto vaginal – Salas delivery
É importante que além de profissionais especializados, cultura e engajamento para a realização de partos humanizados, a maternidade possua salas equipadas para parto natural. A Maternidade São Luiz possui salas exclusivas para tornar o ambiente agradável e aconchegante com recursos de terapia de luzes, cores, aromas, música e massagem, inclusive hidroterapia, que permite a realização de parto na água, sempre realizado por uma equipe habilitada. O espaço é adequado para caminhar e se exercitar durante o trabalho de parto. Tudo ao lado de um centro obstétrico totalmente equipado dando mais segurança à mãe e ao bebê, caso qualquer emergência ocorra.

– Curso preparatório para pais
Como tudo que é novidade na vida, a maternidade também gera uma série de questionamentos. Para auxiliar, há cursos oferecidos pelas maternidades, que contemplam informações importantes do desenvolvimento do bebê e mudanças que acontecerão neste período. Além de dicas referente aos cuidados do dia a dia.
Desde 1987, a Maternidade São Luiz oferece o Curso Preparatório para Pais com aulas que abordam questões como lidar com as mudanças físicas e psicológicas que ocorrem na gestação e pós-parto, a dar banho no bebê, trocar fraldas, fazer o curativo do umbigo e técnicas de aleitamento desde o primeiro dia até o retorno ao trabalho, entre outras coisas.

Be Sociable, Share!

Deixe seu comentário
You must be logged in to post a comment.
Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados