Blog da Saúde

Conheça as cirurgias do Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica e Metabólica

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 18 de novembro de 2014

O Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica e Metabólica do Hospital São Luiz oferece tratamento multidisciplinar a portadores doenças relacionadas à obesidade e suas consequentes alterações metabólicas.

Entre as terapêuticas oferecidas para o tratamento da obesidade, o Balão Intragástrico apresenta-se como uma alternativa não cirúrgica em que o indivíduo não necessita de anestesia, apenas de uma sedação. Neste procedimento, uma esfera oca de silicone (Balão) é inserida por endoscopia no interior do estômago do paciente. Quando insuflada com uma solução de soro fisiológico e azul de metileno, esta esfera ocupará cerca de 2/3 do espaço do estômago, causando a sensação de saciedade (estômago cheio). Após 7 meses, o Balão deve ser retirado também por endoscopia.

O cirurgião bariátrico do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, Luiz Vicente Berti, afirma que o “Balão Intragástrico é utilizado para o paciente obeso perder peso antes da cirurgia ou nos casos em que ele ainda não apresenta quadro de obesidade mórbida, mas em que falharam os procedimentos clínicos a que ele foi submetido, como dietas e ingestão de medicamentos”.

Dr. Luiz Vicente explica que a cirurgia bariátrica mais realizada no Brasil e em todo o mundo é o Bypass Gástrico, também conhecido como Gastroplastia. Este procedimento é realizado por videolaparoscopia e altera o funcionamento do estômago e o intestino. Nesta cirurgia, é construído um novo estômago muito menor do que o anterior. Em seguida, realiza-se um desvio intestinal em que o alimento “caminha” sem contato com os sucos digestivos por um segmento intestinal. Após este desvio, há novamente a união dos alimentos e dos sucos digestivos.

O médico esclarece que a Gastroplastia apresenta os melhores resultados em relação à perda de peso após a cirurgia: cerca de 35% de redução após 12 a 14 meses, que é o prazo considerado para que o peso do paciente estabilize. O By Pass Gástrico é mais indicado para o controle do diabetes e das doenças metabólicas.

Outro procedimento também realizado no Centro de Excelência em Cirurgia Bariátrica e Metabólica do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim é a Gastrectomia Vertical. Ela também é realizada por videolaparoscopia mas, neste caso, utilizam-se grampeadores que cortam e suturam para retirar uma área do estômago. Com a redução do tamanho do órgão, o paciente passa a ingerir uma quantidade menor de alimentos. Dr. Luiz Vicente explica que a Gastrectomia Vertical tem um poder de perda de peso menor do que a Gastroplastia e não é indicada para pacientes metabolicamente doentes.

“O mais importante, porém, é o paciente entender que a cirurgia representa de 30% a 40% do tratamento. A outra parte consiste em seguir corretamente as orientações dos diversos profissionais que estão a sua disposição no pós-operatório. Entre eles, o psicólogo, o nutricionista, o cirurgião, o endocrinologista, etc. O paciente precisa de reeducação alimentar, precisa da ajuda de especialistas que o auxiliem a mudar seus hábitos, sejam eles relacionados a exercícios físicos ou a atitudes comportamentais e de personalidade. E isto leva bastante tempo. Por isto, a importância de um acompanhamento multidisciplinar de longo prazo, conclui Dr. Luiz Vicente Berti.”

logo centro de excelencia bariatrica

Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados