Blog da Saúde

Abertura da exposição promovida pelo São Luiz no MASP

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 1 de julho de 2011

Na terça, dia 28 de junho, aconteceu a abertura para convidados da “História da Videolaparoscopia no Brasil: Ciência, Arte e Tecnologia”, exposição promovida pelo São Luiz que está sendo realizada no Museu de Arte de São Paulo – MASP. A mostra foi aberta para o público no dia 29 e estará no local até o dia 03 de julho, domingo.

Da esquerda para direita: Thomas Szegö, Claudio Basbaum, José Jair e Caio Parente Barbosa, idealizadores da mostra.

Jornais e recortes que mostram os procedimentos adotados na videolaparoscopia

Passeando pelo espaço, o visitante irá encontrar diversas fotografias e equipamentos que mostrarão a evolução desse procedimento cirúrgico ao longo dos anos, que ajudou a tornar as cirurgias menos invasivas e acelerou a recuperação do paciente.

Equipamentos usados antigamente no procedimento cirúrgico
.
Instrumentos usados na videolaparoscopia

Na parte audiovisual há um filme de seis minutos com imagens, depoimentos e entrevistas de personagens que tiveram participação ativa para que essa técnica fosse aprimorada no Brasil, além de guias que explicarão passo-a-passo todo o procedimento médico.

Caderno de anotações cirúrgicas
Um dos espaços onde a mostra está sendo realizada

Mais informações:

“História da Videolaparoscopia no Brasil: Ciência, Arte e Tecnologia”

Onde: Museu de Arte de São Paulo – MASP

Avenida Paulista, 1578. Próximo à estação Trianon-MASP

Horário de Funcionamento: terça à domingo, das 11h às 18h00

Ingresso: Público em geral R$ 15,00.

Meia entrada para estudantes, professores e aposentados

A exposição irá até domingo, 3 de julho

O que é embolia pulmonar pós-parto e como preveni-la

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 29 de junho de 2011

A gravidez é um período que exige muitos cuidados, pois todo o corpo muda durante o período de gestação e, se alguns cuidados não forem tomados, a gravidez pode atravessar por momentos complicados que podem durar até mesmo após o parto.

Uma das doenças que podem acometer as mamães é a embolia pulmonar, também conhecida como tromboembolismo, responsável por 2,5 % das causas de morte na durante o período de gestação, segundo o Ministério da Saúde.

Durante essa fase o sistema de coagulação da mulher fica mais ativo e as chances de se contrair a doença aumentam, pois o sangue coagulado pode se dirigir para o sistema arterial de um dos pulmões, afetando o seu funcionamento. Os sintomas incluem dificuldade de respiração, dor no peito ao inspirar e palpitações.

Considerando a dificuldade do diagnóstico e a gravidade da doença, o ginecologista e obstetra do São Luiz, Dr. Eduardo de Souza, recomenda que supervisão médica desde as primeiras semanas da gravidez: “O acompanhamento médico durante a gestação é o melhor tratamento preventivo para que o obstetra saiba dos riscos para a mãe e ao bebê durante a cirurgia”, explica.

Com o objetivo de prevenir essa doença, o São Luiz trabalha com fisioterapia para gestantes, ministrando exercícios que melhorem a circulação sanguínea e assim evitem a doença. Mas, caso ela seja detectada, outros cuidados entram em ação, como medicamentos anticoagulantes e mapeamento do aparelho respiratório.

Além disso, os cuidados com a gestante devem se prolongar até o pós-parto, quando caminhadas e outros movimentos leves que ativem a circulação são recomendados.

São Luiz promove exposição no MASP

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 27 de junho de 2011

O avanço das técnicas de cirurgia através da videolaparoscopia foi importante principalmente por ser menos invasiva ao corpo. Apesar de ter sido idealizada há um bom tempo, as primeiras cirurgias com o uso de câmeras são relativamente recentes.

Para ilustrar o desenvolvimento dessa técnica, o São Luiz levará ao Museu de Arte de São Paulo (MASP) uma exposição que irá contar toda a história desse procedimento cirúrgico, desde o seu início no século XX, na Europa, até a introdução do método no Brasil, que ocorreu no início dos anos 80.

Intitulada História da Videolaparoscopia no Brasil: Ciência, Arte e Tecnologia, a exposição contará com fotografias e equipamentos que irão auxiliar o visitante a entender a evolução dos procedimentos de laparoscopia ao longo dos anos. Também será disponibilizado um filme de seis minutos que trará imagens, depoimentos e entrevistas dos protagonistas responsáveis pelo aprimoramento desta técnica no Brasil.

Além desses recursos tecnológicos, serão disponibilizados guias encarregados de explicar os benefícios do método em cirurgias de alta complexibilidade, como precisão de corte no momento da operação, o que minimiza o pós-operatório, acelera a alta hospitalar e facilita a recuperação do paciente.

Essa exposição tem por objetivo mostrar a importância desse tipo de cirurgia, que foi um divisor de águas no que diz respeito aos procedimentos que envolvem regiões delicadas do corpo, como tórax, coluna e a cavidade craniana. O Hospital São Luiz tem um papel de protagonista na implementação desta técnica no Brasil, já que foi pioneiro no país na realização das primeiras cirurgias videolaparoscópicas.

A exposição terá início no dia 29 de junho (quarta-feira) e ficará aberta até o dia 3 de julho (domingo).

O que é cirurgia bucomaxilofacial?

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 24 de junho de 2011

Apesar do nome desconhecido para a maioria das pessoas,a cirurgia bucomaxilofacial nada mais é do que o procedimento cirúrgico realizado para a correção de ferimentos causados nos ossos da face, como fraturas nos dentes e queixo. Por ser uma área do corpo que não pode ser engessada, existe uma série de cuidados que precisam ser tomados para garantir a rápida recuperação do paciente.

Veja abaixo a explicação do cirurgião do Hospital São Luiz, Dr. Marcos Pitta, que explica os procedimentos que precisam ser adotados para o tratamento nesses casos:

Alimentos antes e depois das cirurgias

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 22 de junho de 2011

Para quem sabe que fará uma cirurgia em breve, é imprescindível uma alimentação saudável. A ingestão de determinados nutrientes evita algumas possíveis complicações durante a operação e também tem benefícios na recuperação após a cirurgia.

A nutricionista do São Luiz, Adriana Martins Mesquita, deu algumas dicas para o Portal Terra de alimentos que devem ser adotados no cardápio 15 dias antes do procedimento cirúrgico.

Veja abaixo alguns nutrientes sugeridos pela especialista.

Vitamina C
Alimentos: Acerola, Laranja, Abacaxi, Limão e Morango.
Benefício: Ajuda na cicatrização do tecido interno e externo. “Uma das vantagens também é o fortalecimento do sistema imunológico, que pode estar fragilizado entre diversos motivos graças ao próprio estado de estresse do paciente na expectativa da cirurgia”, explica Adriana.

Vitamina A
Alimentos: Abóbora, cenoura e mamão.
Benefício: Ajuda na recuperação dos tecidos de órgãos como a pele. “Não podemos nos esquecer, no entanto, de seguir um cardápio variado, que contemple uma boa diversidade de vitaminas e minerais responsáveis pelo funcionamento saudável do organismo como um todo”, lembra a especialista.

Proteína
Alimentos: Leite, queijo e carne.
Benefício: Ajuda na recuperação da estrutura muscular.

Fibras
Alimentos: Frutas, hortaliças e cereais integrais.
Benefício: Ajudam a manter as funções intestinais, que são afetadas frequentemente pelo uso de medicamentos mais fortes, pelo stress e pelo repouso, às vezes prolongado no pós-cirúrgico.

Veja a reportagem completa no site do Terra.

A evolução da cirurgia no joelho

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 20 de junho de 2011

Atualmente, apenas alguns pequenos furos são precisos para se fazer uma cirurgia no joelho. Porém, antigamente, era necessário abrir por completo a região para conseguir tratar as lesões nos tendões e ligamentos. A artroscopia limita a cirurgia em pequenas incisões, deixando a cirurgia muito menos invasiva e com uma recuperação mais rápida.

 

Veja abaixo a explicação do ortopedista do Hospital São Luiz, Dr. Ari Zekcer, sobre as formas de diagnosticar e tratar as lesões de joelho.

 

O que é a neuronavegação

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 17 de junho de 2011

A neuronavegação neurológica é um procedimento feito no começo da cirurgia que auxilia o médico durante as operações, principalmente quando o local lesionado é pequeno e profundo.

 

Veja abaixo a explicação do neurocirurgião do Hospital São Luiz, Dr. Luiz Alcides Manreza, para os mini-programas no Discovery Home & Health.

 

Corredor de aplausos

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 15 de junho de 2011

As 40 semanas de gestação produzem em todas as mamães uma expectativa e uma ansiedade fora do comum. Em alguns casos, a apreensão também está presente, principalmente quando o peso do neném é menor que 2.500g.

 

Quando isso ocorre, é preciso uma atenção ainda maior. A Dra. Graziela Lopes Del Ben, responsável pela UTI Neonatal do São Luiz, explica a estrutura necessária nos hospitais. “O Hospital e Maternidade São Luiz dispõe de recursos humanos, terapêuticos e tecnológicos para assistência integral ao recém-nascido, além de possuir fortalecido o conceito de dar um atendimento humanizado”.

 

Um exemplo do atendimento humanizado do São Luiz é o chamado “corredor de aplausos”. Nos casos de bebês que nascem prematuramente, é imprescindível uma observação maior. Com isso, muitos profissionais do hospital se apegam aos pequenos pacientes. No final, quando o bebê finalmente recebe alta, todos da UTI se juntam para parabenizá-lo.

 

Clique na imagem abaixo e veja uma reportagem do programa Hoje em Dia sobre a UTI Neonatal do Hospital São Luiz. No vídeo, há o registro do emocionante corredor de aplausos.

 

Quando tempo é vida

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 13 de junho de 2011

Os problemas cardiológicos, além de serem responsáveis por boa parte dos óbitos no Brasil, devem ser diagnosticados o quanto antes. O cardiologista do Hospital São Luiz, Dr. Miguel Moretti, alerta para a importância de se ter hospitais com estrutura adequada. “Quando a pessoa não recebe o atendimento dentro do prazo necessário, sua chance de sobrevivência é de 50% a 70%. Quando encaminhado para local preparado para recebê-lo, suas possibilidades aumentam para até 80%”.

 

Para se ter uma idéia, um paciente com infarto agudo do miocárdio dispõe de seis a 12 horas para ser diagnosticado e iniciar o tratamento. No caso da angina (baixo abastecimento de oxigénio ao músculo cardíaco) o tempo é ainda menor, apenas seis horas.

 

O Hospital São Luiz conta com um centro cardiológico com profissionais gabaritados, diagnóstico rápido e eficaz e equipamentos adequados, os três pilares fundamentais no atendimento de indivíduos com problemas cardíacos.
Sintomas

 

Embora a doença se manifeste de maneira silenciosa, alguns sintomas mais comuns podem ser notados quando a pessoa está perto de sofrer um ataque. São eles:

 

  • Dores no peito;
  • Sensação de estar sendo sufocado;
  • Tontura;
  • Arritmia;
  • Suor;
  • Náuseas.

 

Segundo o especialista, em qualquer desconfiança de infarto, acidente vascular cerebral ou outro problema decorrente a falhas no sistema cardíaco, a pessoa deve se dirigir ao hospital imediatamente. “Nesses casos, tempo é vida”, conclui.

O que é Single Port?

» -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

postado em 10 de junho de 2011

O Single Port, ou portal único, é uma tecnologia inovadora que diminui o número de cortes nos pacientes. Através desta técnica, apenas uma incisão é feita, normalmente pelo umbigo, tornando as cirurgias menos invasivas e sem cicatriz aparente.

 

Veja abaixo a explicação do cirurgião do Hospital São Luiz, Dr. Manoel Galvão, sobre o procedimento. O vídeo faz parte dos mini-programas do São Luiz para o canal de TV fechada Discovery Home & Health.

 

Página 104 de 109« Primeira...102030...102103104105106...Última »
Produzido por Connexion Net

(c) 2010 - Blog da Saúde - Todos os direitos reservados